O Canadian Journal of Educational Administration and Policy publica artigo de Vinícius Alves, pesquisador e membro do LEICC/UERJ

O texto oferece uma análise crítica do Relatório da Estratégia de Internacionalização da Universidade de Ottawa com base em uma perspectiva terceiro-mundista. Ele argumenta que, apesar da robustez e consistência, o Relatório silencia desigualdades globais, carece de uma abordagem pedagógica e reproduz a racionalidade neoliberal sobre a globalização. Além disso, o seu multiculturalismo liberal negligencia a incorporação de narrativas culturais marginais e é impulsionado pela promoção de ativos econômicos para a universidade. Tende a reproduzir os cânones acadêmicos dos países desenvolvidos e os obstáculos à incorporação do conhecimento produzido nos países do Terceiro Mundo. O autor oferece algumas alternativas para equilibrar essa situação.

Confira aqui.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s